"A medalha que faltava"

Risonha, a transbordar de felicidade, a bracarense Ana Dulce Félix dedicou a medalha de ouro dos 10.000 metros à treinadora Sameiro Araújo, que está a prepará-la para a maratona olímpica.

A portuguesa Ana Dulce Félix conseguiu hoje, em Helsínquia, ao ganhar os 10.000 metros dos Europeus de atletismo de pista, a medalha de ouro que lhe faltava no currículo, depois da prata e do bronze em corta-mato.

"Estou muito feliz, é maravilhoso", afirmou, depois de ter dado a volta de honra com a bandeira nacional: "Era a medalha que faltava. Sabia que havia várias atletas a valer 31 minutos e tal e que poderia lutar com elas por um lugar no pódio, mas daí a ganhar".

A atleta minhota do Maratona isolou-se aos 6.800 metros e não mais deixou de ganhar vantagem até uma volta do fim, quando tinha 8,8 segundos de avanço e a prova praticamente ganha. No final, obteve o tempo de 31.44,75, terminando com mais de quatro segundos de vantagem sobre a britânica Jo Pavey (31.49,03), que na parte final ultrapassou a ucraniana Olha Skrypak (31.51,32).

"Sabia que tinha de arriscar mais cedo do que elas, pois estou a treinar para a maratona (dos Jogos Olímpicos) e não tenho a mesma velocidade. Tinha decidido atacar por volta dos 7 ou 8 km. Correu tudo bem; elas não vieram, melhor", explicou Dulce, que antes de cortar a meta ainda olhou para trás, como se desconfiasse que alguma adversária pudesse estar próxima.

Sentia que a vitória estava quase certa e fê-lo mais por precaução, explicou: "Sabia que elas vinham aí a uns 50 metros de mim, mas queria ter a certeza. Quando entrei na reta final, pensei que a vitória já não me fugiria, mas nunca se sabe...".

Depois, foi a hora de desfrutar da medalha. "É um prémio de muito trabalho, de acreditar na minha treinadora, Sameiro Araújo. E os resultados têm aparecido. Dedico-lhe a vitória e também a todos os portugueses que me apoiaram".

"A volta à pista com a bandeira foi uma grande emoção, que nem sei explicar. E agora irei desfrutar ao máximo da cerimónia do pódio, com o hino nacional", rematou.

A cerimónia realizou-se no final das provas da jornada, na feira dos campeonatos, local contíguo ao estádio onde foi montado um palco com o pódio e onde se realizaram todas as cerimónias de entrega de medalhas deste Europeu, que hoje terminou.