Salina e o arranque da Liga dos Campeões: "Vamos lá ganhar"

Salina e o arranque da Liga dos Campeões: "Vamos lá ganhar"
Rui Guimarães

Tópicos

Azuis e brancos começam amanhã a quarta participação consecutiva na Champions League, a maior prova de clubes do mundo de andebol. O arranque dá-se na Polónia, com o Wisla Plock.

Depois da Supertaça, jogada no fim de semana passado, em Serpa, e o início do Campeonato Placard Andebol 1, já no próximo, o FC Porto joga amanhã (19h45, Porto Canal), na Polónia, frente ao Wisla Plock, no arraque de mais uma edição da Liga dos Campeões.

Esta será a quarta presença consecutiva dos azuis e brancos, a sétima no total, o que reflete a clara subida de nível e rendimento do andebol portista nos tempos mais recentes.

"As expectativas são sempre as mesmas, fazer melhor todos os dias. O primeiro objetivo é passar a fase de grupos e depois ultrapassar uma eliminatória, algo que ainda não conseguimos", explicou Daymaro Salina, o capitão do FC Porto, num olhar sobretudo geral sobre a mais importante competição de clubes do Mundo de 2022/23.

"[O Wisla Plock] Tem uma defesa muito forte, jogadores bastante agressivos, é uma equipa que vai exigir que façamos o nosso melhor para somarmos pontos, porque o nosso objetivo passa por irmos lá ganhar, apesar de ser difícil", prosseguiu o pivô, de 35 anos, agora descrevendo este adversário.

"É sempre bom jogar a Liga dos Campeões, é a melhor competição europeia a nível de clubes e, se o Wisla Plock não participava desde 2019/20, é claro que vão entrar cheios de motivação e a querer fazer o melhor", avisou ainda o atleta.

Recorde-se que o FC Porto jogará o grupo A, tendo como adversários o PSG (França), o Magdeburgo (Alemanha), o GOG (Dinamarca), o Dínamo de Bucareste (Roménia), o Veszprém (Hungria), o HC PPD Zagreb (Croácia), além destes polacos do Wisla Plock.