Ricardo Costa: "Tivemos 15 dias sem treinar, com 12 atletas com covid-19"

Ricardo Costa: "Tivemos 15 dias sem treinar, com 12 atletas com covid-19"
Redação com Lusa

Tópicos

Declarações de Ricardo Costa após o jogo entre Sporting e FC Porto, da final da Supertaça de andebol que terminou com a vitória dos dragões, por 34-29

Sobre o jogo: "O FC Porto foi superior a nós, não entrámos como devíamos ter entrado. Demos uma boa resposta, fomos atrás do resultado, mas não conseguimos a nível defensivo estar tão fortes quanto gostaríamos.

Sem treinar: "Estou orgulhoso dos meus atletas. Tivemos 15 dias sem treinar, com 12 atletas com covid-19 e o que tenho para dizer aos meus atletas é que são uns guerreiros: [no sábado] fizemos 60 minutos muito bons contra o Águas Santos e [hoje] fizemos 40 minutos muito bons. Não entrámos bem nos primeiros 10 minutos e na segunda parte voltámos a não entrar tão bem."

Em construção: "As coisas têm de se construir. Para muitos deles [jogadores] é a primeira vez que jogaram uma final. Há que aceitar, há que refletir. Temos um compromisso este ano em construir uma equipa assente numa base de jogadores muito jovens, queremos ganhar todos os jogos, viemos com esse espírito para a Supertaça e em relação ao campeonato é exatamente a mesma coisa."

Lutadores: "Saio daqui ainda mais convencido do que quando entrei, porque sei que tenho uma equipa lutadora, com muito valor. Obviamente há muitas coisas a corrigir, como todas as equipas que começam com 10 jogadores novos e um treinador novo."

Dedicar a Jorge Sousa: "Era muito bom termos ganho, acima de tudo para oferecer ao Jorge [Sousa, diretor do voleibol do Sporting, que morreu na sexta-feira] este título. Não conseguimos, mas não saio defraudado".