Jorge Rito: "Benfica pode chegar à final da Liga Europeia, tem um plantel de alto nível"

Jorge Rito: "Benfica pode chegar à final da Liga Europeia, tem um plantel de alto nível"

Jorge Rito, antigo treinador dos encarnados, elogia as exibições da equipa e acredita num grande feito. Lembrando que o plantel das águias é constituído por jogadores de qualidade acima da média e com muita experiência, Rito fala, em tom elogioso, dos "investimentos" que se estão a fazer em Portugal.

Jorge Rito, treinador de andebol, tendo passado largas épocas no ABC, mas também três no Benfica (2011/12 a 2013/14) falou a O JOGO sobre a qualificação, anteontem, dos encarnados para a final-four da Liga Europeia de andebol.

"Não me surpreendeu. O Benfica tem um plantel com jogadores de alto nível e experiência neste patamar competitivo. O percurso que fez orgulha o andebol nacional, com jogos de uma qualidade técnica e tática muito elevada", disse Rito, 59 anos, natural de Marrazes, há mais de 30 a viver em Braga.

"Temos que apontar para a principal razão, que é o investimento que o Benfica fez esta época, e os outros dois rivais, Sporting e FC Porto, também. Não me lembro de tamanhos investimentos nos últimos 30 anos, nem mesmo o ABC que se bateu com equipas como o Kiel ou o Dínamo de Zagreb", afirmou o técnico, continuando: "O investimento nestes jogadores de qualidade dá resultado e é uma delícia vê-los nos nossos pavilhões. Elogio o trabalho dos clubes e o facto de fazerem este esforço, isto prestigia e contribui para melhorar a qualidade de jogo em Portugal".

De resto, lembrou que "no nosso país há atletas sub-19 e sub-20 de enorme potencial e que lucram bastante com o facto de competirem com estes jogadores".

E o que poderá fazer o Benfica, a 28 e 29 de maio, numa final-four que terá ainda Wisla Plock, Magdeburgo e Nexe? "Conheço o Magdeburgo, porque vi os jogos com o Sporting, e percebeu-se que o Sporting tinha equipa para passar. Na Alemanha a arbitragem foi tendenciosa. É possível o Benfica batê-los. Tem um treinador de grande experiência e, na máxima força, pode chegar à final", respondeu.

"ABC jogava olhos nos olhos"

"É muito difícil, mas recordo-me que o ABC, na década de 1990, em que dominava amplamente o andebol em Portugal, jogava olhos nos olhos com qualquer equipa na Europa", afirmou Jorge Rito, quando lhe foi pedida uma comparação com as chegadas à final-four de FC Porto (2018/19) e de Benfica e a meia-final do ABC em 1999/2000 na Taça EHF (agora Liga Europeia). "Jogámos muitas vezes a Liga dos Campeões, chegámos a fases adiantadas. Jogávamos sem complexos e isso derrubava muitos obstáculos. Hoje, tanto estes três clubes como a Seleção Nacional fazem o mesmo", concluiu.