Rui Silva eleito jogador do ano em noite azul e branca

Rui Silva eleito jogador do ano em noite azul e branca

FC Porto esteve em destaque na IX Gala do Andebol, realizada em Lamego, pois teve ainda Alfredo Quintana eleito melhor guarda-redes e Magnus Andersson melhor treinador.

Mónica Soares, do Madeira SAD, e Rui Silva, do FC Porto, foram eleitos Melhores Jogadores do Ano durante a IX Gala do Andebol, que se realizou no Teatro Ribeiro Conceição, em Lamego, antecendendo a abertura da nova época, que será este domingo, com a Supertaça a jogar-se no Multiusos da mesma cidade: a feminina será entre Colégio de Gaia e CS Madeira (às 16h00) e a masculina opondo FC Porto e Águas Santas (18h30, TVI24).

Não por acaso, três das equipas que vão jogar estiveram em destaque na eleição dos melhores do ano. O FC Porto dominou, pois o central Rui Silva superou os colegas Alexis Borges e António Areia, enquanto Magnus Anderson foi reconhecido como melhor treinador e Alfredo Quintana eleito o melhor guarda-redes.

Já o Águas Santas teve Gonçalo Vieira escolhido como revelação masculina. O internacional sub-21 vai jogar esta época pelo Sporting.

O Colégio de Gaia teve Joana Resende como revelação e Paula Castro escolhida como melhor treinadora, tendo repartido os prémios do campeonato feminino com o Madeira SAD, pelo qual Mónica Soares foi eleita melhor jogadora e Mónica Correia a melhor guardiã.

Ricardo Fonseca e Duarte Santos, também da Madeira, foram galardoados como melhores árbitros.

A gala prestou ainda homenagem à seleção de andebol de praia de sub-18 que foi medalhada de prata nos Jogos Olímpicos da Juventude, à seleção nacional de andebol em cadeira de rodas, que se sagrou campeã da Europa, e a Jorge Tormenta, pela vida dedicada ao andebol feminino, por via da sua longa ligação ao Colégio de Gaia.