Premium Kyong-Song Ri fez o golo mais histórico do Mundial

Kyong-Song Ri fez o golo mais histórico do Mundial
Carlos Flórido

Tópicos

Jovem central norte-coreano foi o primeiro do seu país a jogar e a marcar na maior competição de andebol, levando ao rubro as emoções de uma equipa que tem 16 + 4 jogadores.

Kyong-Song Ri joga a central, tem 21 anos, mede 1,78 metros e entrou para a história quando marcou, em Berlim, um golo à Alemanha. Faltavam dez minutos para o final, os germânicos venciam por 27-14 (e fecharam nos 30-19), mas o jovem, minutos depois de ter sido o primeiro jogador da Coreia do Norte a alinhar num Mundial, era também o primeiro a marcar um golo. Pela inédita Coreia Unificada.

O jogo inaugural do Campeonato do Mundo de andebol teve muito de histórico, embora se soubesse de antemão que os alemães iriam ganhar. Depois de os Jogos Olímpicos de Inverno terem ficado marcados, há um ano, pela presença de uma equipa feminina de hóquei no gelo com jogadoras das duas Coreias, o andebol assiste ao segundo passo, no desporto, de aproximação entre os dois países que estiveram em guerra desde 1950 e agora procuram transformar-se de novo num só.