Exclusivo "É quase impossível, a quem entra no FC Porto, não sentir amor ao clube"

"É quase impossível, a quem entra no FC Porto, não sentir amor ao clube"
Rui Guimarães

Tópicos

Humilde, sem se se colocar em bicos de pés, o pivô assume que tem vindo a evoluir, especialmente no ataque. Diz que o FC Porto ainda pode fazer melhor e que da dor os atletas fizeram forças

Victor Manuel Iturriza Alvarez, de 31 anos, chegou a Portugal pela porta do Avanca, em 2014/15. Duas temporadas depois saltou para o FC Porto, onde já soma dois campeonatos, duas Taças de Portugal e uma Supertaça, além de duas presenças nos oitavos de final da Liga dos Campeões.

Nos últimos três anos, e tendo pelo meio um atípico por causa da pandemia, o FC Porto ganhou todas as cinco provas disputadas. Como se não bastasse, esta época o campeonato foi só com vitórias. O que pode a equipa fazer mais?
-(risos) Pode fazer tudo de bom a nível interno, porque o FC Porto tem fome de ganhar títulos. A sensação da vitória é muito boa e esta equipa nunca se vai cansar. Com tudo a correr bem podemos ser ainda muito melhores e queremos continuar a elevar a qualidade a nível interno e também internacional.