"Cartão vermelho a Rui Silva? É melhor eu não dizer nada"

"Cartão vermelho a Rui Silva? É melhor eu não dizer nada"
Redação com Lusa

Tópicos

Declarações após o jogo entre Benfica e FC Porto, das meias-finais da Supertaça de andebol, disputado hoje no Pavilhão Municipal dos Desportos Carlos Pinhão, em Serpa, que terminou com a vitória dos encarnados, por 37-36.

Magnus Andersson (Treinador do FC Porto): "Sim, foi um jogo muito duro e, em primeiro lugar, com 36º celsius que estão cá dentro [do pavilhão] é difícil de jogar, não só andebol, mas também durante tanto tempo.

Foi um jogo realmente difícil e não posso queixar-me de muitas coisas acerca da minha equipa, temos um bom espírito de luta, [o jogo decidiu-se em] pequenos detalhes, acredito que podia ter pendido para qualquer dos lados.

É realmente amargo perder no segundo prolongamento, mas lutámos, acho que o jogo foi ok, mas, no final, não foi o suficiente para ganhar.

[Sobre cartão vermelho para Rui Silva], só o árbitro é que pode responder a isso, porque eu não consigo compreender nada, sou apenas o treinador, não sou o árbitro. É melhor eu não dizer nada.

São duas boas equipas e hoje penso que o Benfica teve um pouco mais de sorte.

Amanhã [no domingo], acho que o grande favorito é o Sporting porque o Benfica jogou 90 minutos ou mais e por isso não é fácil jogar aqui às 15:00 com este calor também."