"Campeonatos? A possibilidade de acabarem é muito baixa"

"Campeonatos? A possibilidade de acabarem é muito baixa"
Rui Guimarães

Tópicos

Eduardo Filipe, antigo jogador de andebol - o mais internacional em Portugal, com 271 jogos pela equipa das Quinas - é especialista em medicina desportiva e coordenador clínico da Cidade Desportiva do Braga. Falou em exclusivo a O JOGO

Em entrevista exclusiva a O JOGO, o o antigo jogador de FC Porto e ABC falou sobre a pandemia do coronavírus e as suas consequências. Nomeadamente o facto de todas as competições das mais diversas modalidades estarem paradas, causando grande impacto, negativo, em todos os clubes.

Acredita que os campeonatos das diversas modalidades ainda vão a tempo de se concluírem?

- É difícil prever, mas a possibilidade é baixa. É muito difícil que acabem, face aos exemplos que temos nos outros países. Os países que já têm a doença controlada demoraram cerca de três meses, com medidas rigorosas, até atingirem esses objetivos, pelo que nos deixa pouco tempo para poder realizar os jogos em falta. De todas as formas, devemos ser positivos e, nesse sentido, fazer planos com propostas contemplando vários cenários possíveis, à imagem do Braga, que formulou seis propostas com várias possibilidades. Vamos aguardar, sabendo que estaremos dependentes do momento em que o Governo e a DGS considerem a doença controlada e permitam o retorno à atividade.

E as outras provas, como as competições europeias, por exemplo?

- Será complicado pelo mesmo motivo, pois ainda faltam bastantes eliminatórias e escasseia tempo para tantos jogos. Esperemos que seja possível, mas, neste caso, ainda será mais complicado, pois estão envolvidos mais países em fases diferentes de evolução da doença, o que torna ainda mais difícil prever o controlo geral desta pandemia.

E a próxima época, poderá arrancar e decorrer sem problemas?

- Tenho confiança que sim, que, com as medidas que estamos a adotar, estaremos prontos a tempo para encarar a nova temporada.

NÃO SAIA DE CASA: LEIA A ENTREVISTA COMPLETA EM E-PAPER.