Dez funcionários do despedidos

Dez elementos do Comité Organizador dos Jogos Olímpicos Rio de Janeiro2016 foram despedidos por terem roubado documentos da organização de Londres'2012, disse à agência AFP um porta-voz do comité brasileiro.

"Estes responsáveis brasileiros trabalharam em parceria com o Comité Organizador de Londres'2012 [LOCOG], tinha livre acesso aos arquivos, mas não tinha o direito de descarregar os documentos", disse a mesma fonte.

Em comunicado, o Comité Organizador dos Jogos de 2016 disse que esta atitude é "contrária aos princípios de confiança mútua entre as duas organizações".

"Os envolvidos foram identificados e os responsáveis do Rio'2016 e o LOCOG trabalharam em conjunto e rapidamente para reparar o problema. Todos os documentos foram recuperados e devolvidos", lê-se.

A organização dos Jogos Olímpicos de Londres'2012 tinha denunciado que funcionários do comité dos Jogos do Rio de Janeiro'2016 roubaram arquivos da entidade organizadora britânica durante o evento.

A porta-voz do comité organizador londrino Jackie Brock-Doyle disse à agência de notícias norte-americana Associated Press que "ficheiros foram acedidos e movidos sem permissão", avançando que "a equipa do Rio agiu rapidamente para resolver o problema e devolver os arquivos".