"Bolt e Messi são os maiores!"

O avançado brasileiro, em reportagem da TV Globo, revela a admiração por Messi, do Barcelona, e o velocista Usain Bolt. De Cristiano Ronaldo, nem uma palavra...

"Messi é o melhor do mundo", disse Neymar numa reportagem da Globo, sobre o avançado do Barcelona, rival do português Cristiano Ronaldo, com quem, novamente, mede forças na eleição do melhor jogador do mundo em 2011/12. Na mesma peça, o dianteiro canarinho também apostou que Bolt ia "paralisar o mundo" com mais um tempo "supersónico" nos 100 metros.

"Ainda me faltam algumas coisas para chegar ao nível de Messi", admitiu Neymar, estrela do Santos e da seleção brasileira, elegendo a vertente do jogo em que diz precisar de "melhorar a definição dos lances quando fico isolado para a baliza". No torneio olímpico, o brasileiro é dos jogadores que mais oportunidades cria - é o que dispõe de mais remates à baliza -, tendo feito duas assistências para golo.

Na mesma reportagem, Neymar revela estudar os movimentos de Messi e a forma como o argentino decide as suas ações de frente para a baliza, e considera o avançado dos catalães "inimitável" quando arranca "com a bola controlada".