Jogadores em protesto falam "menos"

Jogadores em protesto falam "menos"
Manuel Casaca, em Kharkiv (Ucrânia)

Tópicos

Na sequência das críticas de que foram alvo e lhes desagradaram, jogadores da seleção só falam quando a isso são obrigados face às regras da UEFA

Ontem, e pela primeira vez desde o início do Euro'2012, os jogadores da seleção nacional recusaram-se, no final do jogo, a prestar declarações aos jornalistas na zona mista como forma de protesto pela críticas de que têm sido alvo e lhes desagradaram, segundo foi possível apurar.

Deste modo, limitaram-se a cumprir as regras, falando apenas às estações televisivas que estavam em direto no final do jogo, ou seja, cumprindo o que está regulamentado pela UEFA.

Os jornalistas portugueses presentes em Kharkiv não tiveram outro remédio que não fosse aproveitar tais declarações, dada a recusa dos jogadores em falar mais tarde.