"Os portugueses só têm de respeitar"

"Os portugueses só têm de respeitar"

Médio garante que crença da seleção já era grande mesmo depois dos jogos amigáveis, que suscitaram dúvidas e preocupações na opinião pública.

Raul Meireles falou em conferência de imprensa e garantiu que a confiança da seleção está como sempre esteve: "em níveis altos". "Já estavam nos jogos de preparação", atirou, referindo-se às dúvidas que esses maus resultados suscitaram. Aliás, os jogadores não falaram na zona mista no final do jogo com a Holanda, o que pode ser entendido como uma resposta.

"Todos nós temos liberdade de expressão. Se entendemos não falar, os portugueses só têm de respeitar, como respeitamos as críticas boas e más que têm surgido", atirou.

A República Checa é o adversário que se segue e o médio só pensa na vitória. "Todos os jogadores estão focados em ajudar a equipa. Sentimo-nos muito bem, acima de tudo por termos passado a fase de grupos. Queremos fazer um bom trabalho e é nisso que a equipa está focada", sublinhou.

Que opositor terá Portugal pela frente Meireles ainda não sabe bem, mas espera uma "equipa forte" e com "vontade de vencer". "O que temos de ter em mente é a preocupação com a nossa equipa e fazer as coisas bem do nosso lado. Não sei como vai encarar o jogo a República Checa. Já vimos alguns jogos, não começaram bem e depois deram uma resposta fantástica", elogiou, sem dar o favoritismo a uma das equipas.

"A Holanda e a Alemanha eram favoritas e conseguimos passar. A República Checa se está onde está é porque tem valor", comparou.