"Neste campeonato não foi o melhor que ganhou"

"Neste campeonato não foi o melhor que ganhou"

Treinador do Sporting considerou que a época foi bastante positiva e lamentou que os 86 pontos somados não tenham chegado para alcançar o tão almejado título de campeão

Após um triunfo categórico do Sporting em Braga, que não chegou para alcançar o primeiro lugar, Jorge Jesus reforçou o que já dissera nas últimas semanas, isto é, que a equipa leonina foi a melhor de uma temporada que considerou muito positiva para o clube. "O Sporting está no caminho certo. No meu primeiro ano lutou contra o poder e contra decisões que muitas vezes têm influência naquilo que é o jogo. A força das equipas vê-se em campo e aí o Sporting fez a diferença. Fazer o que o Sporting fez, é obra", afirmou o treinador.

A equipa leonina terminou o campeonato de cabeça levantada, de acordo com Jorge Jesus. "Fizemos o que temos vindo a fazer ao longo do campeonato e, especialmente nas últimas jornadas, fizemos a nossa obrigação. Parabéns aos jogadores do Sporting e, especialmente, à massa associativa. O Sporting tem demonstrado que é um clube nacional; hoje parecia que estávamos a jogar em Alvalade. Fizemos 86 pontos e não fomos campeões", lamentou, frisando que não houve justiça do vencedor: "É subjetivo, nem sempre o melhor ganha. Neste campeonato não foi o melhor que ganhou, o melhor foi o Sporting. O futebol foi ingrato connosco no jogo com o nosso rival. Empatar esse dérbi já era mau e acabámos por perder, naquela que foi a única derrota com o Benfica. Vemos a equipa do Sporting e do Benfica... deixámos muita coisa que os outros vão buscar, a nossa criatividade, eu crio e os outros copiam." Jesus destacou depois, o papel de Bruno de Carvalho. "Parabéns aos jogadores do Sporting, à massa associativa, ao seu presidente e a todos os que trabalharam e confiaram em nós." Ao longo da época as picardias entre Jorge Jesus e Rui Vitória foram evidentes, uma situação que não está sanada. Ontem, o treinador dos leões foi questionado se sentia necessidade de se retratar e regiu rápido. "Tem que fazer essa pergunta ao técnico do Benfica. Não tenho de me retratar." Antes, na zona de entrevistas rápidas, o tema já fora abordado pelo treinador. "Nem sempre o duelo foi apenas entre o Sporting e o Benfica, porque o FC Porto também esteve em primeiro. Foram duas equipas que tentaram demonstrar o seu poder e qualidade de jogo e neste último aspeto o Sporting foi o melhor. No entanto, o que conta é que fomos vice-campeões e não campeões."

A terminar, Jorge Jesus voltou a desfazer dúvidas em torno do seu futuro imediato: "Tenho mais dois anos de contrato, está tudo dito."