A dura estrada para os milhões

Sporting corre o risco de não ser cabeça de série no play-off

Aparentemente "condenado" a uma luta com o Braga pelo terceiro lugar, o Sporting quer garantir, o mais rápido possível, o acesso ao play-off da próxima Liga dos Campeões, mas pode ter de percorrer um duro caminho rumo à fase de grupos. Atualmente, o clube de Alvalade ocupa o 32.º lugar do ranking da UEFA e, caso valessem as contas de hoje, não teria o estatuto de cabeça de série no sorteio do play-off.

Com presença garantida no caminho dos "não campeões", Manchester United (quarto classificado em Inglaterra), Valência (quarto em Espanha), Leverkusen (quarto na Alemanha) e Nápoles (terceiro em Itália) têm um ranking superior ao dos leões. Desta forma, os lisboetas ficariam a torcer pela eliminação de Shakhtar (17.º do ranking) e Ajax (25.º) na terceira pré-eliminatória de acesso à Champions para ainda poderem sonhar com um lugar nos lotes dos cabeças de série e com o prémio destinado à presença na fase de grupos da prova: 8,6 milhões de euros, aos quais se juntam 2,1 milhões da participação no play-off.

Para além do transtorno de um início de época antecipado (as duas mãos disputam-se na segunda quinzena de agosto), o Sporting também conta com um histórico negativo: a única vez em que participou no play-off de acesso à Champions foi eliminado pela Fiorentina após dois empates (2-2 em Alvalade e 1-1 em Itália).