Peseiro tem contas a acertar com o Rio Ave

Peseiro tem contas a acertar com o Rio Ave
António M. Soares

Vítor Pereira foi o último treinador que tropeçou em Vila do Conde, cedendo um empate a dois golos. Peseiro tem a oportunidade de vingar os portistas contra o adversário que detonou a crise no Dragão

José Peseiro nunca conseguiu festejar uma vitória contra o Rio Ave, em Vila do Conde, em jogos a contar para o campeonato e hoje terá a terceira oportunidade para procurar somar três pontos. Nas duas primeiras tentativas, o ribatejano empatou sempre. Como treinador do Sporting, em 2004/05, Peseiro não conseguiu melhor do que um empate a zero. Mais tarde, aos comandos do Braga (2012/13), também só conseguiu trazer um ponto de Vila do Conde, depois de um novo empate (1-1).
Ainda que em termos coletivos este seja um jogo encarado pelo FC Porto apenas como forma de reforçar o ritmo competitivo a pensar na Taça de Portugal - esse sim o grande objetivo para o que resta da temporada -, vencer o Rio Ave será sobretudo uma oportunidade para um acerto de contas pessoal de José Peseiro. Aliás, entre os azuis e brancos, o último treinador que tropeçou em Vila do Conde foi Vítor Pereira (2-2), em 2012/13. Desta vez, a tarefa também não se anuncia fácil para Peseiro, porque Pedro Martins já avisou que ainda não desistiram de um lugar na Liga Europa. Este Rio Ave, recorde-se, já não deixou boas memórias, depois do empate conseguido no Dragão (1-1), na primeira ronda do campeonato. Os vila-condenses fizeram estalar de vez a crise no balneário portista e precipitaram o despedimento de um Lopetegui debaixo de fogo, depois de uma derrota em Alvalade (2-0), que afastara a equipa da liderança, na jornada anterior.