Lopetegui define alvos no mercado espanhol

Lopetegui define alvos no mercado espanhol

Treinador deu nomes e pediu reforços que conhece dos anos que passou nas seleções. Direção tenta satisfazer as prioridades definidas pelo basco

Lopetegui já definiu alguns dos alvos para o reforço do plantel e está a discutir as reais possibilidades de negócio com a SAD, que se colocou em campo para satisfazer as prioridades do novo treinador. Ao que o nosso jornal apurou, o antigo selecionador espanhol pretende preencher as posições consideradas chave com jogadores com os quais trabalhou ao longo dos últimos anos. É um processo evolutivo e que também será condicionado pelos desafios que o mercado for criando, nomeadamente com a inevitável venda de duas ou três peças fundamentais. Certo, porém, é que o basco apresentou os nomes que mais lhe agradam para o reforço do plantel e que a SAD está a criar condições para que o técnico tenha o grupo que pretende.

Lopetegui já validou as contratações de Ricardo e Evandro, aquelas que mais perto estão de ser oficializadas, mas se estes movimentos se enquadram sobretudo com a necessidade de dotar o plantel de boas alternativas, torna-se também imprescindível preencher as lacunas detetadas. A quase certa saída de Fernando abre um vazio que o espanhol gostaria de colmatar com um jogador à sua medida e do qual tenha profundo conhecimento. Médios e extremos, posições para as quais Lopetegui definiu requisitos muito específicos, são alvos prioritários, mas entre os desejos do treinador e os factos do mercado pode também estar uma grande distância.

Conhecendo a realidade do futebol espanhol, é claro que o basco definiu objetivos que considera concretizáveis. Illarramendi (que custou mais de 30 milhões de euros ao Real Madrid) e Alberto Moreno (demasiado caro para concorrer com Alex Sandro) foram nomes já postos a circular, mas que dificilmente serão enquadráveis com as necessidades/possibilidades dos dragões. Tello, extremo do Barcelona, até já tinha sido anteriormente apontado e é um nome que agrada sobremaneira a Lopetegui, por muito difícil que seja a sua contratação. A abordagem da SAD ao mercado também está presa pelo facto de em Espanha ainda se competir, mas entre as leis que o defeso for ditando e os negócios que os dragões serão capazes de ativar devem estar alguns dos movimentos mais importantes dos próximos meses.

Lopetegui, isso é certo, tem voz ativa nestas definições. Sem resumir o mercado ao país vizinho (Ricardo e Evandro são desde já a face visível dessa realidade), é um facto que a lista de prioridades que o treinador discute com a SAD inclui alguns dos jogadores que estiveram com ele no percurso pelas seleções. Entre craques tapados em grandes clubes e à espera de oportunidades e outros alvos a atuar em equipas financeiramente menos poderosas estarão os alvos reais de um FC Porto que olha para o mercado preferencial do seu treinador.