Até Leo Messi e Eto"o lhe tiraram o chapéu

Até Leo Messi e Eto"o lhe tiraram o chapéu

Aprenderam muito. O astro disse-lhe obrigado. O camaronês destaca um dos melhores médios que alguma vez o futebol produziu.

Quando aquele que mais vezes foi considerado melhor jogador do mundo diz que Deco lhe ensinou muito então é porque o antigo craque do FC Porto foi mesmo importante para o futebol. Leonel Messi também tirou o chapéu ao luso-brasileiro. "Tive a sorte de poder jogar com Deco e, mais ainda, durante muito tempo. Desfrutei muito. Aprendi muitíssimo, passámos muito tempo no balneário. Ele e outros ajudaram-me muito. Tenho a agradecer-lhe a forma como sempre me tratou", referiu humildemente o astro que se estreou precisamente no Dragão, em novembro de 2003. Três anos depois, o esquerdino nem sequer era titular do Barcelona. Mas em 2008, quando Deco saiu, já se destacava dos demais. "Estou mesmo feliz por fazer parte desta homenagem. Queria estar aqui, pelo que este jogo significava para o Deco e pela homenagem que ele merece, pelo que foi como jogador e é como pessoa", reforçou.Samuel Eto"o era outro dos galácticos que pontificavam no Barcelona e também se rende ao Mágico. "O que mais gostei foi rever a nossa família e recordar momentos memoráveis com um dos melhores médios que o futebol alguma vez nos deu. Por sorte é meu amigo", referiu, elogiando a festa "muito bonita, num estádio cheio, como Deco merecia". O camaronês diz que o Barcelona jogava muito também pela ação do Mágico. "Quando chegou já o conhecíamos e em Barcelona continuou a ser grandíssimo. Ajudou-nos muito a conquistar tudo o que conquistámos. Jogar com ele é sempre fácil. Ainda hoje se notou não foi?", perguntou bem-disposto.