Encanto de Herrera seduziu o Liverpool

Encanto de Herrera seduziu o Liverpool

Jogo com mais portistas nesta edição da Copa América (cinco) terminou com elogios a El Zorro. O médio fez um golo e foi logo associado aos ingleses.

Um jogo - foi de apenas isto que Herrera precisou para deixar a sua marca na Copa América Centenário. O médio do FC Porto fechou as contas na vitória (3-1) do México frente ao Uruguai, contribuiu para outro golo, perturbando Álvaro Pereira (marcou na própria baliza), e foi alvo dos maiores elogios da Imprensa internacional. Aliás, horas depois de se ter destacado dos demais portistas presentes no jogo - Layún, Corona, Reyes (México) e Maxi Pereira (Uruguai) - El Zorro foi colocado na rota do Liverpool pela Fox Sports. A informação dava conta de negociações muito avançadas conduzidas pelos reds, pelo que não demorou a cruzar o Atlântico e a ter eco em Inglaterra.

A "ESPN" e o "As" atribuíram a Herrera (7,5 e 9) uma das notas mais elevadas entre os mexicanos, só superada pela de Rafa Márquez (8 e 10). "A qualidade de jogo da seleção mexicana passou muito pelos seus pés. Foi singular, único", escreveu a "ESPN Deportes". Layún, que jogou à direita e não à esquerda (alternando entre o meio-campo e a defesa), foi elogiado pela "inteligência de passe" e pela "versatilidade". Corona, que teve alguns duelos individuais com Maxi, foi "dos maiores desequilibradores em 60 minutos". E Reyes, que alinhou a 6, "controlou bem o meio-campo". Só Maxi foi alvo de reparos, mormente dos jornais uruguaios, que arrasaram a Celeste. "Teve uma noite para esquecer. Foi sempre ultrapassado", relatou o "Ovación", que lhe atribuiu nota 4.