"Sou forte e o meu estilo vai encaixar bem aqui"

"Sou forte e o meu estilo vai encaixar bem aqui"

Luís Felipe, que assinou até 2019, garante que se irá adaptar rapidamente ao Benfica e ao futebol português, com a ajuda de "um dos melhores treinadores do mundo". De águia ao peito, vinca querer "fazer história" e até já pensa na seleção canarinha

Cumpridos os obrigatórios exames médicos, Luís Felipe assinou finalmente com o Benfica por cinco temporadas (até 2019) e faz questão de tranquilizar os adeptos mais céticos. O brasileiro assegura que o seu futebol vai encaixar como uma luva no emblema da Luz. "Sou um futebolista forte, atuo pelo lado direito. O estilo do futebol português encaixa-se no meu. O futebol português é como o do Brasil. Tem as equipas grandes e as que se destacam há pouco tempo. É um campeonato forte. Aqui joga-se com maior rapidez e força, mas acho que me vou adaptar rápido", dispara, contando com a ajuda de Jorge Jesus, "um dos melhores treinadores do mundo", com quem só tem "a aprender mais".

Reforço dos campeões nacionais, o jogador proveniente do Palmeiras só pensa em dar continuidade à onda de festejos. "Quero continuar a ganhar títulos. O Benfica já ganhou muitos e quero entrar para a história a ganhar, tal como o Luisão ou o Maxi Pereira", sublinha, vincando que a chegada à Luz "é um sonho realizado": "Esperava isto há muito e até estava ansioso, mas, graças a Deus, tudo se concretizou. Já acompanho o Benfica há algum tempo, porque é um dos maiores clubes da Europa; era um namoro antigo." Sem Maxi Pereira, Sílvio ou André Almeida nesta primeira fase de preparação, Luís Felipe parte em vantagem para agarrar um lugar no onze. "Vou adquirir experiência, retomo a forma física e isso vai ser bom", frisa, em declarações à Benfica TV.

Apesar dos poucos dias de experiência no Benfica, o lateral já sabe que "os adeptos são uma força enorme e vivem muito o clube". A expectativa é por esta altura tão grande que o jovem já sonha com a canarinha. "A Europa traz tudo, nomeadamente a possibilidade de jogar na seleção brasileira", remata.