"Temos muita qualidade e isso acabará por resolver o jogo"

"Temos muita qualidade e isso acabará por resolver o jogo"
Redação com Lusa

Tópicos

Daniel Bragança aborda o encontro da seleção sub-21 com a Bielorrússia, de apuramento para o Europeu.

O médio Daniel Bragança afirmou este domingo que a qualidade de Portugal vai "resolver o jogo" com a Bielorrússia e manifestou confiança no apuramento direto da seleção nacional de sub-21 para o Europeu de futebol do próximo ano.

Depois da "excelente exibição" que proporcionou a vitória "folgada' da equipa nacional sobre Chipre (4-0), na sexta-feira, Daniel Bragança antecipou uma tarefa árdua diante dos bielorrussos, na terça-feira, a contar para o grupo 7 de qualificação para o Euro2021.

"Não vai ser fácil. Lá, também não foi [vitória de Portugal, por 2-0]. É uma equipa aguerrida, que luta até ao último minuto. Vamos fazer o nosso melhor, porque temos muita qualidade e essa qualidade acabará por resolver o jogo. Não podemos cometer erros e temos de ser sérios até ao último minuto", afirmou o médio do Sporting, em declarações ao sítio oficial da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) na Internet.

A seleção comandada por Rui Jorge soma quatro vitórias e uma derrota no grupo 7, ocupando o segundo posto, atrás da Holanda, a única formação que bateu o conjunto luso neste apuramento.

Com cinco partidas pela frente, Daniel Bragança ainda confia que Portugal vai chegar ao primeiro posto, que garante o apuramento direto para a fase final do Europeu, que vai decorrer na Eslovénia e na Hungria.

"Continua a ser o nosso objetivo, como sempre foi. Continuamos a olhar para cima, mas acreditamos que ainda é possível e temos muita confiança que vamos conseguir o primeiro lugar", vincou, antes de manifestar "orgulho" por representar a Portugal.

A seleção portuguesa de sub-21 recebe a Bielorrússia na terça-feira, a partir das 17:30, na Cidade do Futebol.

Portugal é segundo colocado do grupo 7 de qualificação, com 12 pontos, menos três do que a líder Holanda e mais dois do que a Noruega, terceira classificada. A Bielorrússia ocupa o quarto posto, com oito pontos, à frente de Chipre, que tem quatro, e Gibraltar, ainda pontuar.