Exclusivo "Portugal está recheado de craques mundiais e não podem jogar todos ao mesmo tempo"

"Portugal está recheado de craques mundiais e não podem jogar todos ao mesmo tempo"
Francisco Sebe, enviado especial em Doha (Catar)

Steven Vitória defrontou a equipa africana na fase de grupos do Mundial e aconselha a seleção portuguesa a ter, no encontro de amanhã, atenção redobrada ao flanco direito contrário. Titular na derrota do Canadá com o próximo adversário de Portugal, o central do Chaves dá a receita à Seleção para amanhã. "Com maior ou menor dificuldade, Portugal vai vencer", atira.

O emparelhamento dos quartos de final do Mundial colocou a grande surpresa da competição no caminho de Portugal. Depois do primeiro lugar no grupo de Croácia, Bélgica e Canadá, Marrocos deixou pelo caminho a Espanha, riscando do quadro um duelo ibérico. Um percurso sem derrotas e com apenas um golo sofrido, que a Seleção espera ver terminado amanhã. Para isso, terá de centrar esforços no cumprimento de uma missão: anular as dinâmicas de Achraf Hakimi e Hakim Ziyech.

Quem o diz é Steven Vitória, central canadiano que defrontou os Leões do Atlas na fase de grupos.