Liga Nações: Portugal obrigado a pontuar em Praga sem Félix e Cancelo

Liga Nações: Portugal obrigado a pontuar em Praga sem Félix e Cancelo
Redação com Lusa

Portugal defronta hoje a República Checa, em Praga, e está obrigado a pontuar para poder discutir o primeiro lugar com a Espanha no último jogo da fase de grupos.

Portugal enfrenta este sábado a República Checa, em Praga, no penúltimo encontro no Grupo A2 da Liga das Nações, proibido de perder para poder lutar com a Espanha por um lugar na final four, na terça-feira.

A equipa comandada por Fernando Santos podia estar na liderança da poule, mas sofreu um surpreendente desaire em Genebra, ante a Suíça (1-0), e caiu para o segundo lugar, com sete pontos, a um da líder Espanha, que ainda tem de visitar Braga.

O campeão da primeira edição da prova, em 2019, sabe de antemão que fica fora da fase final se perder na capital da República Checa e a Roja vencer os helvéticos, sendo que evita a descida à Liga B se não for derrotada ou se a Suíça perder.

Para o duelo agendado para a casa do Slávia de Praga, que terá cerca de 20.000 adeptos nas bancadas, o selecionador Fernando Santos não deverá apresentar grandes surpresas no onze inicial, desfalcado do castigado João Cancelo e dos lesionados Pepe e Raphaël Guerreiro, que acabaram excluídos dos convocados.

A dúvida maior será, talvez, na baliza, que deverá ser ocupada por Rui Patrício ou Diogo Costa, atrás de um quarteto defensivo formado por Diogo Dalot, Danilo, Rúben Dias e Nuno Mendes, enquanto o meio-campo deverá ficar a cargo de João Palhinha ou Rúben Neves, Bruno Fernandes e Bernardo Silva.

O trio da frente é muito provável que fique entregue ao capitão Cristiano Ronaldo, Diogo Jota e Rafael Leão. Já João Cancelo e o lesionado João Félix são os dois preteridos da convocatória e vão assistir à partida na bancada.

O encontro entre checos e lusos tem início marcado para as 19h45 (em Lisboa), na Eden Arena, em Praga, e será arbitrado pelo sérvio Srdjan Jovanovic. Na última ronda, marcada para terça-feira, Portugal recebe a Espanha, em Braga.

A Espanha é quem lidera a poule, com oito pontos, enquanto a República Checa é terceira, com quatro, e a Suíça a última, com três.

A formação das Quinas, vencedora da primeira edição da Liga das Nações, em 2019, precisa de vencer o agrupamento para chegar à final four da terceira edição, sendo que a segunda foi conquistada pela França, numa final com a Espanha, em 2021.

Os quatro vencedores dos grupos da Liga A qualificam-se para a fase final, que inclui meias-finais, final e partida de atribuição do terceiro lugar. A final four da terceira edição da prova será realizada em junho de 2023.