José Lima descarta relaxamento: "Os jogadores sabem que não se podem desleixar"

José Lima descarta relaxamento: "Os jogadores sabem que não se podem desleixar"
Redação com Lusa

Seleção Nacional sub-17 só precisa de um empate para seguir para os quartos de final do Europeu no primeiro lugar do grupo

A Seleção Nacional sub-17 só precisa de empatar para seguir para os quartos de final do Europeu no primeiro lugar do grupo, mas o selecionador quer "trabalhar para ganhar" à Dinamarca na segunda-feira.

Depois de duas vitórias, com Escócia (5-1) e Suécia (4-2), o empate basta, na segunda-feira, em Ramat Gan, para Portugal avançar para os quartos do torneio, a decorrer em Israel, mas José Lima quer evitar "jogar para empatar".

"O objetivo tem de ser trabalhar para ganhar, porque se se joga para empatar, a probabilidade de sofrermos um golo e de já não conseguirmos retificar esse golo sofrido é grande. Os jogadores sabem que não se podem desleixar", declarou o técnico, citado no site da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Sobre a Dinamarca, o selecionador vê um "adversário com muita qualidade, que não tem medo de ter bola", que faz uso de "muitas combinações" e do risco, no que será "um jogo muito difícil".

Já o avançado Rodrigo Ribeiro, que marcou dois golos nos dois encontros já disputados, quer que a Seleção das Quinas continue "a manter a consistência que tem até agora, lutar para vencer e assegurar a passagem aos quartos de final".

"Fico muito feliz por ter marcado, mas fui eu a marcar e podiam ter sido outros. Aqui contamos todos como uma equipa e o que importa é a vitória e a equipa jogar bem. Estou muito feliz, porque está a ser uma grande e nova experiência", explicou, citado pela FPF.