"Rúben Dias? Um jogador não se pode deixar afetar por uma expulsão"

"Rúben Dias? Um jogador não se pode deixar afetar por uma expulsão"
Paulo Nunes Teixeira

Tópicos

Em entrevista a O JOGO, João Nunes falou sobre o antigo companheiro de equipa e analisou a seleção da Polónia, que Portugal defronta esta quinta-feira.

A Seleção Nacional defronta esta quinta-feira a Polónia, em Chorzow, em partida da Liga das Nações, e, para quem conhece tão bem o futebol polaco, é fácil identificar a principal figura da equipa de leste: Robert Lewandowski. Contudo, a força polaca não se resume ao poderio ofensivo do ponta de lança do Bayern. João Nunes, central português que atua no Lechia Gdansk, explica por onde pode passar o perigo para a equipa das quinas.

"A Polónia tem jogadores que finalizam muito bem, não só o Lewandowski. O Piatek é muito agressivo no ataque à bola, forte no jogo aéreo e esse tipo de jogo acaba por privilegiar os avançados. É natural que esta Polónia privilegie o 4x4x2, mas depende sempre do treinador. Piatek é um jogador que se tiver de buscar espaço nos corredores fá-lo, porque tem capacidade física para isso. É um finalizador e aparece muito bem no espaço dentro da área, é um jogador que protege bem a bola e é preciso ter cuidado com ele, com pouco espaço, é perigoso. Com o Lewandowski, ambos farão uma dupla forte, mas não sei qual o entrosamento entre eles. E ainda têm o Zielinski, o médio criativo, um jogador mais movel que pode alinhar como segundo avançado, deixando o Lewandoswski como 9. Dependerá do que o selecionador pretender", referiu o central, que se formou e representou o Benfica, onde foi colega de equipa de Rúben Dias, que se prepara para somar mais um jogo a titular na Seleção:

"Não lhe dei conselhos, há algum tempo que não falo com ele. Tem estado bem, tem qualidade e devido à agressividade e postura em campo alcança prestações bastante positivas, como se viu no último jogo com o FC Porto", afirmou João Nunes, que desvaloriza a expulsão do jovem defesa na partida com o AEK Atenas, que deixou o Benfica reduzido a 10 jogadores e deixou as águias em apuros.

"Um jogador não se pode deixar afetar por uma expulsão, são situações que fazem parte do futebol, podem acontecer e há sempre mais jogos para a frente. Felizmente o Rúben entrou novamente com o FC Porto e esteve bem, com boa reação, que é o mais importante. Ele está claramente preparado para travar Lewandowski. Quando se olha e há nomes fortes pela frente, tem de se preparar bem, porque são duelos interessantes e de grau dificuldade elevado", finalizou João Nunes, na Polónia desde 2016.