Grujic e o encontro com Pepe no Portugal-Sérvia: "Existiram algumas 'bocas...'"

Grujic e o encontro com Pepe no Portugal-Sérvia: "Existiram algumas 'bocas...'"
Duarte Tornesi

Grujic ansioso por defrontar Pepe no decisivo Portugal-Sérvia, na última jornada da qualificação para o Mundial'2022

No aquecimento para a "final" de domingo frente a Portugal, a Sérvia joga esta quinta-feira um particular frente ao Catar que foi completamente desvalorizado pelo selecionador Dragan Stojkovic e por Marko Grujic.

Apontado à titularidade num onze repleto de segundas linhas, Grujic, médio do FC Porto, esqueceu os cataris e saltou diretamente para a análise ao duelo contra a Seleção Nacional. "Portugal tem uma equipa muito forte, com a maioria dos jogadores a atuarem em clubes de topo. É uma grande motivação lutar com eles pelo apuramento e queremos mostrar que conseguimos lidar com os melhores", afirmou Grujic, afiançando que espera um adversário em busca de "vingança" devido ao golo mal anulado a Ronaldo, no jogo de Belgrado.

Citado pelo diário sérvio Zurnal, o jogador dos dragões também admitiu ter trocado algumas provocações, bem humoradas, com o colega Pepe. "Existiram algumas "bocas", apesar da sequência difícil de jogos para o campeonato e para a Champions. Os portugueses estão cientes da importância deste jogo e talvez acusem um pouco a pressão", rematou.

Alinhado com Grujic, o selecionador Dragan Stojkovic foi, porém, ainda mais contundente sobre o particular de hoje. "Não me interessa se os meus jogadores não entrarem concentrados amanhã [hoje]. Fisicamente estamos em Belgrado, mas a cabeça está em Lisboa. O jogo com o Catar é irrelevante e vai ser, apenas, um bom treino", atirou o treinador, revelando que não acredita num tropeção de Portugal em Dublin: "Vamos estar atentos ao que se passa, mas não espero nada de especial desse jogo."