Contrariedade para Rui Jorge e a seleção sub-21: azar bateu à porta de Jota

Contrariedade para Rui Jorge e a seleção sub-21: azar bateu à porta de Jota

Jogador do Valladolid tem pela frente quatro semanas de paragem.

O azar bateu à porta de Jota, jogador cedido pelo Benfica ao Valladolid. Segundo informou o clube espanhol esta quinta-feira, o jovem avançado tem pela frente quatro semanas de paragem, devido a uma lesão no ligamento lateral externo do tornozelo esquerdo, com edema ósseo.

Quer isto dizer que Jota é carta fora do baralho para Rui Jorge e a seleção sub-21, que vai disputar a fase de grupos do Europeu da categoria.

O Campeonato da Europa de futebol de sub-21 vai disputar-se na Hungria e Eslovénia, num formato inédito, com a fase de grupos a decorrer de 24 a 31 de março e a ronda eliminatória (quartos de final, meias-finais e final) entre 31 de maio e 6 de junho.

Disposto por quatro cidades húngaras e outras tantas eslovenas, o torneio viu o formato ser remodelado em consequência do adiamento do Campeonato da Europa sénior de 2020 para 2021, por força das medidas restritivas de combate à pandemia de covid-19.

Portugal vai realizar os três jogos na Eslovénia e estreia-se frente à Croácia, em 25 de março, às 21:00 locais (20:00 em Portugal continental), em Koper, antes de rumar a Ljubljana para defrontar Inglaterra (28 de março, às 21:00 locais) e Suíça (31 de março, às 18:00).

A formação de Rui Jorge terá de terminar numa das duas primeiras posições do Grupo D para se qualificar para os quartos de final do Europeu de sub-21, que vai dispersar 16 seleções por quatro grupos e estava inicialmente previsto para ocorrer de 9 a 26 junho.