"Castigo é extremamente injusto"

Fernando Santos está confiante na redução do castigo de oito jogos imposto pela FIFA.

Fernando Santos não se conforma com o castigo de oito jogos imposto pela FIFA. "Também eu fiquei surpreendido. O castigo é extremamente injusto. Estou a ser penalizado por uma situação que nunca me passou pela cabeça. Nunca pensei desobedecer à FIFA. A questão central prende-se com o facto de eu não ter saído do campo", disse o selecionador português numa entrevista à SIC Notícias, embora demonstrando "uma grande convicção" na redução do castigo.

Fernando Santos também abordou o papel de Ilídio Vale no atual contexto. "Tudo o que vai acontecer é planeado por mim. Por um lado, o Ilídio Vale vai assegurar a posição muito bem e os jogadores vão explanar o que lhe vou dizer durante a semana. A situação não é normal mas não é algo que não tenha solução. O Ilídio Vale tem mais que competência para tomar as decisões no período do jogo mas a responsabilidade será sempre minha", declarou.