Bernardo Silva e o festejo frente à Lituânia: "Cada um interpreta como quiser"

Bernardo Silva e o festejo frente à Lituânia: "Cada um interpreta como quiser"
Francisco Sebe (enviado especial ao Luxemburgo)

Tópicos

Internacional português marcou o quinto golo de Portugal na goleada frente à Lituânia [6-0], e o festejo deu muito que falar.

Festejo do golo frente á Lituânia foi resposta ao castigo aplicado pela Federação inglesa? "Não foi resposta nenhuma a ninguém. Tentei ajudar da melhor forma a nossa seleção e cada um interpreta da maneira que quiser".

Jogo frente ao Luxemburgo: "Sentimo-nos confiantes, é um jogo decisivo. Uma seleção que nos criou bastantes problemas em Alvalade, também contra Sérvia e Ucrânia. Portugal quer estar no Euro"2020. É o nosso objetivo. Vamos tentar estar lá ao máximo.

Como vê a questão do estado do relvado? "Esperamos que o relvado esteja nas melhores condições. Não há desculpas, quer Portugal jogue num relvado bom ou menos bom, vai dar o melhor para estar no Euro"2020. Não vamos arranjar desculpas para nada".

Último jogo da fase de grupos, Portugal depende de si para estar no Europeu. O apoio de muitos portugueses será importante? "Muito bom estar aqui no Luxemburgo, sentimos o apoio das pessoas quando chegámos ao treino, jogarmos fora como se fosse em casa. Será bonito jogar com muitos portugueses aqui. Queremos a qualificação para o Europeu".

Falhou o Euro"2016 por lesão. Como sentiu ver a vitória de fora? Vê 2020 como uma segunda oportunidade? "Senti orgulho como todos os portugueses, como deve ter sentido, como o selecionador sentiu... O primeiro troféu internacional, claro que preferia lá ter estado. Foi um orgulho para mim. Espero estar agora em 2020, espero dar o melhor e poder lá estar".

Luxemburgo tem melhorado muito. Espera encontrar um adversário difícil? "Acho que hoje em dia é muito raro encontrar jogos fáceis como há alguns anos. Não só no jogo de há um mês, que não foi fácil em Alvalade. Nunca foi fácil jogar com eles. Contam com jogadores que atuam nos principais campeonatos da Europa. Mas queremos ganhar e estar no campeonato da Europa de 2020".

Diferenças entre clube e seleção: "É completamente diferente de um clube, digamos que em 365 dias, 300 treinamos com o clube e só 65 é que estamos com a seleção. Depois há outras coisas. Encontras-te com amigos que já não vês há algum tempo. É sempre fantástico vir à seleção. Tentamos, no pouco tempo que temos, preparar da melhor forma possível os jogos".