Dirigente de equipa queniana nos JO acusado de desvio de dinheiro

Dirigente de equipa queniana nos JO acusado de desvio de dinheiro

O dirigente da equipa olímpica do Quénia nos Jogos do Rio'2016, Stephen Arap Soi, foi acusado esta quarta-feira de ter desviado 223 mil euros destinados às despesas com os membros da missão.

O ex-secretário adjunto do comité olímpico queniano negou que tenha desviado o dinheiro destinado a "pagar aos atletas e aos dirigentes" durante as competições.

Soi foi detido em agosto quando estava a desembarcar em Nairobi, quando regressava dos Jogos Olímpicos.

O comité olímpico nigeriano decidiu a 18 de agosto abrir um inquérito sobre a má gestão de Stephan Arap Soi, envolvido em inúmeros casos, incluindo desvio de equipamentos desportivos destinados aos atletas.