Villarreal proibido de contratar jogador para o lugar de Rúben Semedo

Villarreal proibido de contratar jogador para o lugar de Rúben Semedo

Lei não permite que o clube espanhol contrate um substituto para Rúben Semedo, que foi esta quinta-feira condenado a prisão preventiva.

Dor de cabeça para o Villarreal: a lei espanhola não permite que o clube contrate um jogador para o lugar de Rúben Semedo, central português que foi esta quinta-feira condenado a prisão preventiva e vai responder por uma acusação de tentativa de homicídio, lesões, ameaças, detenção ilegal, posse ilegal de armas e roubo com violência.

De acordo com o jornal Marca, as acusações que enfrenta Rúben Semedo têm também impacto para o Villarreal, que fica assim sem um central para o resto da época. Tal como explica aquele jornal, o regulamento do campeonat espanhol apenas permite reforços fora do período de transferências em caso de lesão grave ou saída de um jogador pelo valor da cláusula. O caso em que se insere Rúben Semedo, condenado esta quinta-feira a prisão preventiva pela justiça espanhola, não figura nos regulamentos.

O português, recorde-se, tem ainda quatro anos de contrato com o clube espanhol, depois de ter chegado a Espanha proveniente do Sporting no último verão. O contrato, que rende ao central 1,3 milhões de euros limpos por temporada, deverá ser terminado pelo clube.