Sá Pinto após saída do Vasco da Gama: "Saio inconformado"

Sá Pinto após saída do Vasco da Gama: "Saio inconformado"

Treinador português queria ter concluído o "projeto idealizado".

Ricardo Sá Pinto deixou esta quarta-feira uma longa mensagem de despedida ao Vasco da Gama nas redes sociais, ressalvando que sai "inconformado" do emblema brasileiro.

"É com muita pena que hoje deixo de ser um de vós. Foi um orgulho representar um clube com a grandeza e a tradição do Vasco. Saio inconformado por não ter podido concluir o projeto idealizado. Os próximos jogos contra adversários diretos que há muito aguardávamos, iam permitir-nos sair do Z4 e alcançar a Sul Americana. A nossa visão ia mais longe, levando este clube a disputar outros objetivos e títulos que merece", começou por escrever o técnico português.

"Cheguei e parto com a convicção de que esta deveria ter sido uma longa relação, com o alcançar de patamares maiores. Saio também convicto de que demos tudo, eu e a minha equipa técnica. Infelizmente, chegamos ao clube num momento conturbado, tanto pelos acontecimentos recentes, mas também por anos de descuido e aproveitamento que em nada beneficiaram o nosso Gigante da Colina", acrescentou, antes de concluir, agradecendo à direção e adeptos:

"Agradeço o apoio da direção que só não fez mais, e não nos deu melhores condições, por ter herdado esse pesado fardo. Agradeço aos meus jogadores pelo profissionalismo, e a todo o staff no clube e no CT pelo empenho e dedicação.

Por último, a palavra mais importante, a quem é a fundação deste clube: Vocês, os vascainos. A maior pena que tenho é não poder ter tido a vossa companhia e apoio num São Januário cheio, pois não duvido que seria uma experiência única, e faria a diferença no apoio à equipa

Deixo de ser o técnico do Vasco, mas levo o clube no meu coração!"