Rui Silva e a ida para o Bétis: " Queria um projeto que abrisse portas para competições europeias"

Rui Silva e a ida para o Bétis: " Queria um projeto que abrisse portas para competições europeias"
Redação

Clube de Sevilha, que contratou o guardião a custo zero no verão, vai disputar a passagem aos 'oitavos' na próxima edição da fase de grupos da Liga Europa

Após quatro temporadas ao serviço do Granada, o guarda-redes Rui Silva transferiu-se, no último defeso, para o Bétis de Sevilha, mudança essa, justificou o próprio em entrevista à Cadena Cope, motivada pelo desejo de competir nas provas da UEFA.

"Tenho os meus objetivos, mas queria um projeto que abrisse as portas para disputar mais competições europeias. No ano passado, pude disputar a minha primeira Liga Europa [pelo Granada]. É uma competição que dá um acrescento e foi um fator importante para tomar esta decisão", assumiu o guardião de 27 anos.

Enquanto não começa a ambicionada aventura europeia - o Bétis defrontará o Celtic (Escócia), Ferencváros (Hungria) e Bayer Leverkusen (Alemanha) na Liga Europa -, Rui Silva está focado em manter a baliza inviolada e conseguir a primeira vitória na La Liga.

"Quando não sofres, estás mais perto de vencer. Estamos a trabalhar muito nesse sentido", referiu o internacional português, dono da baliza sevilhana nas três primeiras jornadas do campeonato espanhol (dois empates e uma derrota).

Pese o arranque pouco auspicioso, Rui Silva está "seguro" de que, "com o máximo de trabalho e dedicação", o Bétis irá "fazer uma grandíssima temporada", que prevê, no próximo dia 13, o regresso a Granada, em novo jogo da La Liga.

Na entrevista à Cadena Cope, divulgada esta quinta-feira, o guardião português admitiu ter recebido outras ofertas para prosseguir a carreira, mas não pensou duas vezes quando surgiu uma proposta do Bétis, dado o passado e a filosofia do clube.

"Desde que soube do interesse do Bétis que fiquei com muita vontade de ter a minha história num clube tão importante como este. A sua forma de jogar adapta-se às minhas características. As ofertas do passado não me afetam", completou Rui Silva.