Rafael Ramos deverá ver caso de racismo cair e Edenilson não se conforma: "Não nos iriam calar?"

Rafael Ramos deverá ver caso de racismo cair e Edenilson não se conforma: "Não nos iriam calar?"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Redação

Jogador português do Corinthians havia sido acusado de um ato racista por Edenilson, do Internacional.

Rafael Ramos, jogador português do Corinthians acusado de um ato racista por Edenilson, do Internacional, deverá ver a investigação arquivada por falta de provas. O relatório da leitura labial pedido pela polícia brasileira concluiu não ser possível identificar o que foi dito pelo lateral-direito, uma vez que maior parte dos gestos que compõem a fala ocorrem na "porção interna da cavidade oral".

Quem não se conforma é o jogador do Internacional, que recorreu às redes sociais para reagir à decisão.

"Não nos iriam calar? Já nos calaram. Se [forem] ofendidos aceitem, engulam a seco. Finjam que não escutaram, é uma luta desleal, é uma luta inconclusiva", escreveu o jogador nas histórias do Instagram, onde apagou todas as publicações e mudou a fotografia e a descrição do perfil para "Macaco Edenilson Andrade dos Santos".