Paulo Sousa cheio de energia: "Paguei para estar neste clube e vou ser feliz aqui"

Paulo Sousa cheio de energia: "Paguei para estar neste clube e vou ser feliz aqui"
Redação

Treinador português defendeu guarda-redes Hugo Souza depois do triunfo sobre o Universidad Católica para a Taça Libertadores.

O Flamengo derrotou esta madrugada o Universidad Católica, do Chile, por 3-0, para a Taça Libertadores, qualificando-se assim para os oitavos de final. Um resultado que não impediu os adeptos do Flamengo de criticar a equipa orientada por Paulo Sousa, nomeadamente o guarda-redes Hugo Souza, que cometeu erros nos jogos anteiores.

"Sinto-me com mais energia do que nunca. Desde ontem estou com bastante energia. Eu paguei para estar neste clube e vou ser feliz neste clube, não tenho dúvidas", afirmou Paulo Sousa. "Porquê? Porque os nossos jogadores assim o demonstram. Estou muito bem, sei que este é um clube que exige muito todos os dias. Temos que estar preparados, e estou muito preparado para poder liderar essa qualidade dos jogadores e humana para podermos, juntos, ter vitórias como esta", defendeu.

Alvo de críticas, o guardião Hugo Souza recebeu um forte abraço do treinador no final do jogo, ainda no relvado.
"Dentro do grupo, cada vez mais há uma união muito grande. O Hugo pediu para não falar e os jogadores pediram-lhe para estar no centro de modo a poderem dar-lhe a força que ele merece. Vamos tentar ser um bocadinho honestos. Ver o percurso dele e o crescimento técnico de um guarda-redes. Procurem ser analistas e vejam o crescimento dele, um menino de 23 anos, com uma torcida e uma pressão que o Flamengo exerce, que é grande", sublinhou.