Nomeação de Soares Dias para jogo do Wolverhampton levanta dúvidas

Nomeação de Soares Dias para jogo do Wolverhampton levanta dúvidas

UEFA criticada por nomear português para uma equipa que tem treinador e oito jogadores da mesma nacionalidade

Artur Soares Dias foi o árbitro nomeado pela UEFA para, na próxima quinta-feira, apitar o Torino-Wolverhampton, a contar para a primeira mão do play off da Liga Europa.

Em Itália, mas não só, a nomeação suscitou comentários, tendo em conta a ligação dos Wolves a Portugal.

Na equipa inglesa são oito os jogadores portugueses do plantel, enquanto na equipa técnica, liderada por Nuno Espírito Santo, trabalham quatro lusos.

Nesse sentido, o jornal espanhol "Marca" salienta que "estalou a polémica com esta nomeação", acrescentando que "o facto de partilhar a nacionalidade com o clube em que Jorge Mendes tem uma participação, levantou suspeitas, o que poderia ter sido evitado se a UEFA tivesse designado outro árbitro".

O site Toro.it apresenta argumentos semelhantes para questionar a nomeação, mas ressalva que "não se trata de um pretexto para pensar mal a priori", até porque Soares Dias "tem muita experiência e por certo não será a partilha de nacionalidade com alguns elementos a influenciar a sua atuação".

Já o site Calciomercato.it questiona: "UEFA, mas que nomeação é esta?"

Este orgão afirma que "é uma falha grave" da UEFA e que ninguém está "a lançar dúvidas sobre a imparcialidade de Soares Dias", mas que, de qualquer forma, a nomeação "não é apropriada". Num jogo destes, a competição devia processar-se "longe de quaisquer suspeitas", o que, segundo este site, não se verifica com a escolha deste árbitro.