"Não há respeito, andam a gozar com Paulo Fonseca"

"Não há respeito, andam a gozar com Paulo Fonseca"

Antonio Cassano, nome histórico da Roma, sai em defesa do treinador português.

O futuro de Paulo Fonseca não deverá passar pela Roma. A goleada sofrida pela equipa italiana frente ao Manchester United (6-2) foi a "gota de água" e só uma mudança radical de ideias poderá manter o treinador português ligado ao emblema "giallorosso" para lá da presente época.

Na sexta-feira, Maurizio Sarri foi, inclusive, apontado ao lugar de Fonseca, algo que motivou duras críticas de Antonio Cassano, antigo internacional italiano que formou uma dupla diabólica com Totti no clube romano.

"Li algo sobre alegados contactos da Roma com Sarri. Sinto vergonha ao saber estes rumores. Andam há quatro meses a gozar com Paulo Fonseca, desde aquele famoso dérbi", começou por referir Cassano, através da plataforma Twitch, em alusão à derrota da Roma frente à rival Lázio, por claros 3-0, em janeiro último.

"Fazem-lhe sempre perguntas alucinantes, que o colocam numa posição difícil. Não há respeito", atirou o ex-futebolista, fiel ao estilo controverso que sempre adotou.