Nani diz que "mentalidade forte" é a chave do sucesso dos Orlando City na MLS

Nani diz que "mentalidade forte" é a chave do sucesso dos Orlando City na MLS
Redação com Lusa

Tópicos

Com o empate 1-1 obtido na segunda-feira em casa dos Red Bull New York, com um golo de Nani, de grande penalidade, aos 56 minutos, os Orlando City 'selaram' a presença no play-off, quando ainda faltam disputar quatro jogos

O internacional português Nani considera que uma "mentalidade forte" esteve na base da inédita qualificação dos Orlando City para o play-off da liga norte-americana de futebol (MLS), em declarações publicadas esta sexta-feira pela sua assessoria.

Com o empate 1-1 obtido na segunda-feira em casa dos Red Bull New York, com um golo de Nani, de grande penalidade, aos 56 minutos, os Orlando City 'selaram' a presença no play-off, quando ainda faltam disputar quatro jogos.

"Tem um significado importante. Quando decidi vir para Orlando, foi para conseguir ajudar o clube a atingir os seus objetivos. Eu sou um jogador que não vai para uma equipa só para jogar, gosto de conquistar desafios", disse Nani.

O internacional português, campeão da Europa em 2016, adianta ainda que uma das metas que estipulou quando chegou à Florida era a de "ajudar a equipa dos Orlando City a conseguir, pela primeira vez, o apuramento para os play-off".

A formação dos Orlando City conta já com 10 anos de história na MLS, mas nunca tinha conseguido alcançar tal feito, nem mesmo quando teve no seu plantel o vencedor da Bola de Ouro de 2007 ao serviço do AC Milan, o brasileiro Kaká.

"O ano passado foi mais complicado, porque foi de adaptação, mas, neste, tinha a certeza que ia ser possível, porque íamos começar do início a preparar uma equipa boa. E até agora temos crescido e os resultados não mentem", refere Nani.

O jogador português, que esta temporada já leva sete golos e cinco assistências em 19 jogos, tem sido um dos elementos fundamentais na equipa de Orlando, que soma já 12 jogos seguidos sem perder, o que é também um recorde para o clube.

"A mentalidade é meio caminho andado para o sucesso. Por mais que se tenha muito talento na equipa e bons jogadores, se não se tiver uma mentalidade vencedora, ambição, dedicação e sacrifício, não se consegue vencer jogos e conquistar títulos", defende Nani.

Ainda de acordo com o jogador português capitão dos Orlando City, "este aspeto [mentalidade forte} foi trabalhado muito pelo clube nos últimos tempos e hoje a equipa já pensa como vencedora, que não aceita perder".

"Claro que não vamos ganhar sempre, mas vamos jogar sempre para ganhar, e, se não ganharmos, vamos tentar não perder o jogo, para obter sempre um resultado positivo para nós", salientou Nani, que ajudou também a equipa a chegar à final do torneio MLS Is Back.

Nani abordou ainda os desafios de jogar ao mais alto nível no contexto de pandemia em que vivemos, referindo que "há dificuldades acrescidas, mas que o grupo já se encontra adaptado".

"Tem sido um ano atípico, difícil para todos. Muitas das coisas a que nós estamos habituados mudaram e sabemos que jogar sem adeptos custa muito mais", refere Nani, acrescentando que os jogadores já estão adaptados à nova realidade.

Ainda de acordo com Nani, que apontou ainda que a mudança ditada pela pandemia de covid-19 levou o pouco tempo de recuperação entre jornadas, o foco dos Orlando City é "vencer cada jogo" e por isso é que a equipa tem obtido bons resultados.