"Mais cedo ou mais tarde, Félix irá adaptar-se e será uma mais-valia"

"Mais cedo ou mais tarde, Félix irá adaptar-se e será uma mais-valia"

João Félix chegou ao Atlético de Madrid no início desta temporada e Costinha acredita que o avançado português tem mais para dar.

Costinha falou sobre a adaptação de João Félix ao Atlético de Madrid, dizendo que o ritmo de jogo no campeonato espanhol é muito mais elevado e que o avançado também tem de moldar ao estilo de jogo de Simeone, mas que, "mais cedo ou mais tarde", o ex-Benfica será um mais-valia.

"Em termos de massa adepta, João Félix não foi encontrar algo de muito diferente no Atlético em relação ao Benfica. A diferença está relacionada com o nível de cada campeonato. A La Liga é muito mais competitiva que a Liga Portuguesa, é uma competição com ritmo elevado, em que todos jogam para ganhar. Cá, num clube como o Benfica, ele em todos os jogos tinha inúmeras oportunidades para marcar, e lá enfrenta uma realidade bem mais equilibrada. Também se terá de adaptar às exigências de Simeone, mas julgo que, mais cedo ou mais tarde, irá adaptar-se a essas dinâmicas e ser uma mais-valia", atirou numa entrevista à Eleven Sports.

O treinador português, atualmente sem clube, diz que rejeitou agumas propostas para treinar por querer terminar o IV nível e que há "abordagens interessantes" para o futuro.

"Se fores treinador de futebol, o teu projeto é que a bola entre mais vezes na baliza do adversário que na tua, caso contrário terás problemas. Este ano, recebi algumas propostas e rejeitei-as porque decidi terminar o IV nível de treinador. Tenho tido algumas abordagens interessantes, mas o meu futuro vai passar por saber se, quando as pessoas falarem comigo, as suas intenções casam com as minhas ambições. Passa mais por aí do que por ser em Portugal ou no estrangeiro", explicou o ntigo técnico de Beira-Mar, Paços de Ferreira, Académica e Nacional.