Leonardo Jardim sem rodeios: "Se continuo? Não sei... É fácil falar comigo"

Leonardo Jardim sem rodeios: "Se continuo? Não sei... É fácil falar comigo"
Frederico Bártolo

Tópicos

Treinador do Mónaco respondeu aos críticos após a goleada aplicada pela equipa do principado ao Lille, por 5-1.

O Mónaco goleou o Lille por 5-1 no sábado, em partida da 19.ª jornada da Liga francesa, mas nem isso impediu o vice-presidente do clube do principado, Oleg Petrov, de ser cáustico na zona mista. "Começámos a época no último lugar e finalizamos o ano civil no sétimo lugar. Com a qualidade técnica da equipa, temos de fazer mais. Vamos fazer tudo para alcançar os objetivos", disse, recusando comentar a situação de Leonardo Jardim, dado como a prazo no banco.

O treinador português teve conhecimento das palavras na conferência de Imprensa e respondeu: "Os jogadores tiveram raiva... Sei da matemática e vejo, sim, que recuperámos muitos pontos. O resto não me compete a mim julgar. Estou focado em organizar as coisas, estou muito contente aqui e tranquilo. Se continuo? Não sei... é fácil falar comigo. Vou de férias agora, mas o contrato, da minha parte, é para respeitar."

Quanto ao jogo, os lusos Gil Dias e Gelson Martins foram titulares no Mónaco, com Adrien Silva a entrar para o lugar do segundo aos 85 minutos. Do lado do Lille, José Fonte e Renato Sanches também foram opções iniciais.