Justiça desportiva brasileira pode punir Abel Ferreira até seis jogos de suspensão

Justiça desportiva brasileira pode punir Abel Ferreira até seis jogos de suspensão
Redação

O adjunto português João Martins e o médio Patrick de Paula também podem ser castigados esta quarta-feira.

Desde que chegou ao Brasil, em novembro de 2020, o treinador português Abel Ferreira já recebeu 14 cartões amarelos e três vermelhos. A última expulsão aconteceu no dia 15 de agosto, na derrota diante do Atlético-MG, em jogo da 16.ª jornada do campeonato brasileiro. Como punição, o técnico poderá enfrentar até seis jogos de suspensão.

Além de Abel Ferreira, o adjunto português João Martins e o médio Patrick de Paula também poderão ser castigados esta quarta-feira pela 3ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Todos eles foram denunciados no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva do Brasil, ao "assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva".

Abel e João foram também citados no segundo parágrafo, inciso II do artigo, por "desrespeitar os membros da equipa de arbitragem ou reclamar desrespeitosamente contra as suas decisões".

"Não tenho guerra contra os árbitros e espero que os árbitros não tenham guerra contra mim. É muito fácil expulsar o treinador do Palmeiras. Prometo que vou fazer um esforço para me portar melhor", disse Abel em entrevista recente. De facto, desde então, não recebeu mais punições.