Jorge Jesus recorda Aimar: "Mister, saí da Argentina por causa disto. Quero ir embora"

Jorge Jesus recorda Aimar: "Mister, saí da Argentina por causa disto. Quero ir embora"

O treinador português do Al Hilal, entrevistado pela Sport TV, considera Aimar o melhor que treinou

Com o pensamento "todos os dias em Portugal", Jorge Jesus lamenta a conflitualidade com as claques e revela um episódio em que Aimar, quando ambos estavam no Benfica, lhe manifestou vontade de sair. "Chegou mesmo a dizer-me: 'Mister, saí da Argentina por causa disto. Quero ir-me embora". A final da Taça de Portugal continua bem presente na memória do treinador: "Não deveria ter feito aquela final. Depois de nove dias sem treinar a equipa e com um ambiente complicado. O presidente da Federação ligou-me a perguntar se deveríamos adiar. Mas, eu sou louco e toda a gente sabe que desde criança sempre fui ao Jamor. Fiz uma grande argolada"

O treinador elege, sem hesitar, o argentino como o melhor jogador que já orientou: "Mas tive problemas com ele. Os grandes jogadores não gostam muito que os treinadores sejam muito exigentes com eles, pensam que têm estatuto diferente, mas não têm. O estatuto é o dia a dia. Aimar foi uma grande referência e hoje mantenho aproximação como ele", disse.

Jesus considera que Aimar foi o melhor que treinou: "Não tenho dúvidas. E tive grandes jogadores, como Di María, Saviola, Ramires. Mas como Aimar nunca tive nenhum, era um jogador impressionante. Aprendi a ser melhor treinador como ele. Pensa o jogo e sabe do jogo como ninguém", finalizou

Sobre as notícias que o colocaram de regresso ao Benfica com Aimar e Luisão na equipa técnica, Jorge Jesus foi claro:"Se isso fosse verdade, teria de saber alguma coisa. Quem me conhece sabe que sou eu que escolho a minha equipa técnica. Isso de verdade não tem nada. Não falo com o Luisão desde um Sporting Benfica. No primeiro ano, não me cumprimentavam. Nunca falei com o Luisão sobre esse tema. Agora que tem princípios como um líder e bom adjunto e pode ser treinador, disso não tenho dúvida nenhuma"