Jorge Jesus de olho na seleção do Brasil

Jorge Jesus de olho na seleção do Brasil

O treinador tem a expectativa de orientar o escrete quando Tite abandonar, o que vai acontecer depois do Campeonato do Mundo.

Despedido do Benfica em dezembro, Jorge Jesus está na expectativa de poder ser o próximo selecionador do Brasil. Há muito que o nome do técnico português é apontado ao Escrete e enquanto a possibilidade, ou ideia, estiver no ar vai direcionar todas as suas energias para aí.

Tite, atual selecionador brasileiro, já se sabe, deixará o comando do Escrete após o Mundial - o próprio tomou essa decisão, independentemente do que acontecer com a seleção no Catar. Além disso, tem sido muito criticado pelas suas opções, mesmo tendo a seleção assumido a liderança do ranking, pelo que haverá uma vaga por preencher numa cadeira de sonho para muitos, entre os quais Jorge Jesus.

Além da seleção de Neymar e companhia, Jesus também veria com bons olhos, entretanto, o regresso ao Flamengo, agora orientado por outro técnico português, Paulo Sousa. A reentrada em cena no Brasil por uma porta que bem conhece, poderia também servir de rampa de lançamento, caso corresse bem, para atingir o seu grande objetivo, que é dirigir a canarinha.

Jesus disse recentemente que vai dar continuidade à sua carreira no estrangeiro na expectativa de voltar a cruzar o Oceano Atlântico. "De certeza que vou voltar ao futebol português, mas de momento a minha ideia é que a próxima equipa que vou treinar seja de fora de Portugal. As propostas de trabalho que tive desde que saí do Benfica foram analisadas e rejeitadas porque só quero pensar nisso a partir de maio ou junho", explicou, à margem do Fórum promovido pela Associação Nacional de Treinadores de Futebol, no dia 22 de março.

De resto, financeiramente não terá muitas preocupações, pois continua a receber religiosamente o salário, pago pelo Benfica.

Apenas conversas a Oriente

Jorge Jesus não esteve muito tempo no Al Hilal, aliás, até deixou o clube na parte final da época, tendo perdido o campeonato para Rui Vitória, mas continua a gozar de grande popularidade na Arábia Saudita. O treinador tem mantido conversas com o Al-Nassr, mas neste momento não está interessado em dar seguimento à sua carreira naquela zona do globo. Jorge Jesus aguarda por sinais do Brasil.