"Vi na televisão lances parecidos, mas estar ali, tão perto, até fiquei arrepiado"

"Vi na televisão lances parecidos, mas estar ali, tão perto, até fiquei arrepiado"
António Pires

Tópicos

Pedro Neto, internacional português do Wolverhampton, recordou a O JOGO o grande susto vivido pela equipa frente ao Arsenal.

No jogo contra o Arsenal, Pedro Neto e colegas viveram um momento de aflição com a grave lesão (fratura craniana) sofrida por Raúl Jiménez.

"Foi um momento muito preocupante ver um colega nosso naquele estado, não é fácil. Já tinha visto na televisão lances parecidos, mas estar ali, tão perto, até fiquei arrepiado ao início. Ver as dificuldades por que ele estava a passar...", contou o extremo a O JOGO, orgulhoso da resposta da equipa: "Depois conseguimos concentrar-nos e procurámos e conseguimos a vitória (2-1), com um dos golos meu, que queríamos para lhe dedicar. Graças a Deus ele está bem e a recuperar", terminando com um desejo: "Não sabemos quando poderá voltar, queremos que regresse o mais rápido possível, mas preocupa-nos sobretudo que ele recupere a 100 por cento e volte com total segurança."

Não perca a entrevista ao internacional português: