Renato Sanches: Swansea e Bayern acordam fim do empréstimo

Renato Sanches: Swansea e Bayern acordam fim do empréstimo
Vítor Rodrigues

Tópicos

Médio não se tem afirmado na Premier League e bávaros devem recebê-lo de volta já em janeiro.

Renato Sanches não foi convocado para os dois últimos jogos do Swansea pelo treinador Paul Clement e a sua passagem pelo clube do País de Gales deve chegar ao fim antes do previsto. O médio internacional português, recorde-se, foi emprestado no final de agosto pelo Bayern aos "swans", numa cedência que rendeu 8,5 milhões de euros aos bávaros. O acordo inicial prevê que o jogador de 20 anos fique na Premier League até ao fim da época, mas é provável que retorne já em janeiro à Bundesliga.

Incapaz de corresponder às expectativas criadas - disputou apenas dez jogos (601") pelos swans -, Renato Sanches tem sido fortemente atacado pelas suas exibições, sobretudo na Imprensa inglesa, e mesmo o seu técnico, que o tem defendido dos críticos, admitiu que este ainda "não demonstrou o seu potencial".

Tendo em conta o atual panorama, a situação não é do agrado de nenhuma das partes, uma vez que o Swansea não retira dividendos do investimento realizado, Renato Sanches não joga com a regularidade pretendida e o Bayern não vê o seu ativo valorizado e a crescer como jogador. Assim sendo, o clube agora treinado por Jupp Heynckes deverá receber o médio de volta, faltando acertar para quando a sua integração no plantel bávaro.

Contratado ao Benfica por 35 milhões de euros, Renato Sanches já não pode ser cedido a outro clube da UEFA porque atuou na Supertaça da Alemanha pelo Bayern esta temporada. Se não voltar à Alemanha, só pode jogar no Swansea ou num clube de outro continente.