"Mourinho é talvez o melhor de todos os tempos"

"Mourinho é talvez o melhor de todos os tempos"

André Villas-Boas garante que as constantes comparações com o antigo chefe não afetaram o seu percurso e considera um "privilégio" ter trabalhado sete anos com ele.

André Villas-Boas não tem dúvidas: José Mourinho já tem um lugar gravado a ouro na história do futebol mundial. "Estamos a falar daquele que talvez seja o melhor de todos os tempos", declara, em entrevista ao "Lancenet". Trabalhar durante sete anos com o agora técnico do Real Madrid foi, para Villas-Boas "uma experiência única". "É muito difícil conhecer alguém com tanto profissionalismo, dedicação e conhecimento de jogo. Felizmente ele viu em mim um bom profissional no campo da observação dos jogos e da preparação dos adversários. Foi um privilégio trabalhar com ele, até pela metodologia de treino", elogia.

Quando Villas-Boas se emancipou, as comparações foram mais do que muitas. E, para o técnico, todas indiferentes. "As comparações são feitas por quem observa de fora. Andamos para a frente com nossos trabalhos com profissionalismo e não estamos preocupados em parecer com alguém ou trabalhar com alguém. Podem ter formas de liderar que alguém de fora possa ver semelhanças por causa da época que estava com ele. Mas não por imitação. E nem estou preocupado com isso", assegura.

Outro dos treinadores marcantes na sua carreira foi Bobby Robson, que lhe abriu as portas do FC Porto e do futebol. "Ele morava no meu prédio. Eu era portista, comecei a falar com ele sobre jogadores, ele disse muito carinhosamente que me abriria as portas dos treinos. Começou a nascer a paixão sobre o jogo, sobre as táticas. Isso foi decisivo para a minha função. Comecei a tirar cursos e a treinar os jovens. São tempos que eu recordo com muito carinho", revela.