Matrix e Cirque du Soleil: os elogios às exibições de Jota, Rúben Neves e Moutinho

Matrix e Cirque du Soleil: os elogios às exibições de Jota, Rúben Neves e Moutinho

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Contingente português do Wolverhampton continua a encantar a imprensa britânica, que não poupou nos elogios após a vitória sobre o Manchester United.

O Wolverhampton alcançou um resultado histórico frente ao Manchester United, ao bater os "red devils" por 2-1, garantindo a passagem às meias-finais da Taça de Inglaterra pela primeira vez em 21 anos. Do lado da equipa vencedora, Nuno Espírito Santo apostou em três portugueses no onze titular - Rúben Neves, João Moutinho e Rúben Neves - e todos receberam rasgados elogios da imprensa britânica.

Como tem sido habitual, o jornalista Tim Spiers, do Express & Star, foi o responsável por atribui notas às exibições dos jogadores dos Wolves, com o trio luso em grande destaque. Sobre Rúben Neves - foi classificado com um 9 (em 10), há a destacar as comparações a Neo, protagonista da saga Matrix, e a Yuri Gagarin, histórico astronauta soviético.

"Uma exibição majestosa. Ele vê o futebol como Neo vê o Matrix, com uma visão inacreditável e uma técnica de execução de passe de topo. (...) Cresceu no jogo e encontrou melhor o espaço do que Yuri Gagarin. Também cumpriu na missão defensiva", pode ler-se na publicação das West Midlands, que atribuiu nota máxima (10 em 10) a João Moutinho:

"Tire apenas um momento para se lembrar que João Moutinho joga no Wolverhampton. Não só tem uma qualidade técnica melhor do que o Cirque du Soleil, é também sagaz, agressivo e um líder inspiracional. (...) É, sem dúvida, um dos melhores jogadores de sempre a vestir a camisola dourada e, apesar de uma oposição complicada, esteve no seu melhor. Bravo João, bravo", assinala Tim Spiers, que estende os elogios a Diogo Jota, autor do segundo golo, o da vitória, dos Wolves.

"Como é que alguém com 1,70 metros pode ser tão forte é difícil de saber. É um rufia. E está na melhor forma ao serviço dos Wolves. Embrulhem-no em algodão antes das meias-finais", refere o Express & Star. Quanto a Raúl Jiménez, autor do primeiro golo da equipa de Nuno, há um pedido claro: "Contratem-no. Está a brincar com aquela cláusula de 30 milhões de libras".