Bernardo Silva só entrou no Benfica por causa de dois sportinguistas

Bernardo Silva só entrou no Benfica por causa de dois sportinguistas
Rodrigo Cortez

Tópicos

Um apanha-bolas marcado para vida a ver o último jogo de Rui Costa

Bernardo Silva contou numa entrevista à BBC que um dos momentos que mais contribuíram para se tornar futebolista profissional aconteceu quando ainda dava os primeiros passos no Benfica.

"Eu tinha uns 15 anos e fui apanha-bolas quando o Rui Costa estava a fazer o seu último jogo no clube. Ele jogava na minha posição e foi um dos melhores médios que Portugal já viu. Foi uma grande inspiração para mim e um dos meus ídolos", conta Bernardo, explicando depois que só foi para o Benfica porque a mãe e um avô, ambos sportinguistas, lhe pagaram, como presente de aniversário, uma estadia de dois meses na academia das águias.

"Quando fiz sete anos, o meu avô e a minha mãe pagaram para eu estar dois meses na academia do Benfica. Depois desses dois meses, nunca mais tive de pagar porque passei ao nível seguinte. O meu avô era do Sporting, mas sabia que eu gostava muito do Benfica e deu-me essa prenda. Estou-lhe muito agradecido por isso", conta.