"Benfica campeão, revolta no FC Porto"

"Benfica campeão, revolta no FC Porto"

Atual treinador do Tottenham recorda "vontade de voltar a ganhar" dos dragões quando pegou na equipa. "Usámos isso para trabalhar mais e ganhámos", adiantou.

André Villas-Boas acredita que o maior trunfo do "seu" FC Porto foi a sede de vitórias. Na única época em que esteve ao comando dos dragões, o técnico venceu o campeonato sem derrotas, a Taça de Portugal e a Liga Europa. "O FC Porto tinha terminado em terceiro, tinha muita vontade de voltar a ganhar, não só os jogadores, mas os dirigentes também. E com a minha chegada, cresceu a vontade de triunfar. O campeonato português, hoje, é marcado pela competitividade entre FC Porto e Benfica. E quando o Benfica é campeão, gera-se uma revolta no FC Porto. Usámos isso para trabalhar mais e ganhámos. E lá tudo é muito profissional. É raro achar um clube tão bem organizado como o FC Porto", explicou, em entrevista ao jornal brasileiro "Lancenet".

Depois disso, Villas-Boas aceitou a sedução do Chelsea. Apesar de as coisas não lhe terem corrido bem em Stamford Bridge, não se arrepende da decisão. "Nem faço essa reflexão. Há oportunidades profissionais que tem que ser aproveitadas, penso que era boa e não olho para trás", sublinha.

Outro dos trunfos que teve nos azuis e brancos foi Pinto da Costa, para quem se desfaz em elogios. "É um clube muito especial, há um conceito de instituição muito forte. Sente-se que ninguém é mais importante do que o clube e isso está muito enraizado na cultura. Com o passar dos anos, o FC Porto ganhou prestígio internacional, permitiu criar uma estrutura muito forte. Diria que se lançou para o futuro antes de outros concorrentes. É o clube mais bem organizado onde já passei", elogia.