Há algo a deixar Diogo Jota com "um pouco de azia": "Nem se deram ao trabalho"

Há algo a deixar Diogo Jota com "um pouco de azia": "Nem se deram ao trabalho"

Avançado do Liverpool é fã confesso da série de videojogos FIFA, mas houve algo na mais recente edição que desagradou...

Diogo Jota é um dos nomes do momento no mundo do futebol, fruto de um arranque fantástico nos primeiros meses com a camisola do Liverpool.

O avançado leva sete golos marcados em 11 jogos oficiais pelos "reds", tem recolhido elogios da exigente crítica britânica, mas há algo que está a deixar o internacional português com "alguma azia".

Em entrevista ao programa "Einsteins TVI", o ex-Wolverhampton falou sobre a paixão pelo videojogo FIFA, mas deu conta de um fator que não lhe agradou: a sua pontuação não sofreu qualquer alteração na mais recente edição do popular simulador.

"Gosto de jogar, sempre gostei, foi sempre algo que sempre fiz, saía da escola, fazia os trabalhos de casa e depois gostava de ficar a jogar. Também ia para o quintal jogar à bola, mas sempre passei muito tempo agarrado ao comando. Acho que eles foram apanhados de surpresa com a minha ida para o Liverpool, pensavam que ia ficar no Wolverhampton e então nem se deram ao trabalho de fazer um 'upgrade' na minha carta, mantive os dados da época passada. Alguma azia? É, apesar de ter sido dos melhores marcadores da Liga Europa e tudo, nem se deram ao trabalho. Desde que me enviem a minha carta de 99, que cada jogador profissional tem direito, já fico contente", atirou Jota, entre sorrisos.

A pontuação de Diogo no FIFA 21 está cifrada em 80.